O Outbound tem-se revelado um tema menos atractivo para o sector dos Contact Centers. Se por um lado, se fala cada vez mais em inbound Marketing e nas vantagens do conteúdo para o engagement, porque não se aborda directamente a estratégia de Outbound enquanto veículo de sucesso? Porque ele ainda funciona!

Pode parecer que, por existirem cada vez mais plataformas disponíveis para se investir no Marketing, este modelo esteja ultrapassado. Acontece que muitas empresas ainda utilizam a estratégia e contactam-nos frequentemente para a implementar.

Neste modelo, as empresas conseguem por diversos meios, criar as suas próprias bases de dados legais – seja nos Pontos de Vendas, no registo de novos clientes, nos pedidos de informação que não geraram venda, acabando frequentemente por ignorar esta oportunidade.

Quais os benefícios escondidos para utilizar esta estratégia?
  • Permite contactar clientes de toda a parte do Mundo através de um só local.
  • Contacta clientes de forma totalmente segmentada, com modelos preditivos, gerindo a disponibilidade de cada operador VS Cliente
  • Permite uma análise detalhada através da performance
  • Pode ser totalmente customizado ao nível tecnológico – sendo integrado com outras plataformas, tais como CRM.
  • A omnicanalidade é uma realidade. Pode contactar clientes que em determinado momento solicitaram informações ou reagiram a determinada campanha. É uma nova oportunidade para converter.
E Para o operador, como o vamos motivar?

É frequente ouvirmos expressões típicas logo no recrutamento como “Não quero vender”, “Tudo menos Telemarketing” ou “Não tenho jeito para vendas”, “vendas, não quero”. A realidade é que o modelo de Outbound mudou, e para melhor.

  • É um modelo de remuneração flexível, que responde à sua performance e que não traz qualquer limitação comissional.
  • O seu desempenho é agora mais acessível, face às constantes integrações e modelos de Marketing Digital, os contactos são devidamente segmentados e a oferta é cada vez mais ajustada ao perfil do Cliente. Este facto facilita não só o trabalho do operador como é um verdadeiro auxílio no momento da conversão.
  • O cliente passa a estar mais receptivo à chamada, quando esta é devidamente contextualizada.
O que temos para oferecer em Outbound?
  • Um serviço chave-na-mão, composto por uma equipa de teleoperação, supervisão, qualidade e gestão de conta.
  • A experiência em telemarketing e serviço ao Cliente, num Contact Center que já conta com 12 anos de actividade.
  • Um plano de avaliação completo, que se inicia com análise de necessidades, desenho do modelo a implementar e consequentes meios.
  • Leque de parcerias com brokers especializados em bases de dados, que captam exclusivamente para si e de acordo com os seus requisitos legais. Tornando assim a campanha mais assertiva.
  • Uma equipa de Sistemas de Informação que garante a integração de todos os seus contactos, em listas separadas e com métodos de contactação que não perturbam o dia-a-dia do seu prospect.

O Outbound pode soar velho, mas adaptou-se bem às mudanças proporcionadas pela Internet. A quantidade de informação possível de se obter sobre um prospect tornou a aproximação do departamento comercial mais assertiva e pessoal. Isso aumentou, e muito, a vertente relacional das acções de outbound.

Hoje estamos perante uma nova era, que deve ser explorada com parceiros experientes.

O que espera para nos vir conhecer?

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *